EmpreendedorismoNotícias

Família de cafeicultores no Território do Bem

Moradores do bairro da Penha, produzem e vendem café, uma bebida de alta qualidade.

O dia de muita gente só começa depois de uma xícara de café. Isso não é diferente para os irmãos Daniel Balbino Júnior, de 31 anos, e Juliano da Silva Balbino, de 27 anos. Apaixonados por café, eles se uniram ao restante da família e começaram a produzir e comercializar café orgânico. Uma bebida de qualidade, cultivada de forma natural, sem agrotóxicos. São os primeiros passos da cafeicultura no Território do Bem.

O café beneficiado pelos irmãos vem da propriedade da família no distrito de Piaçu, município de Muniz Freire, região entre vales e montanhas no Sul do Estado. A mãe dos jovens, Dona Maria Rosa da Silva, nasceu na localidade e veio para o Território do Bem há 40 anos, e trouxe com ela a paixão pela agricultura, que motivou a união dos irmãos e o interesse em investirem na cafeicultura.

Juliano Balbino – Foto: Laiza Costa

“Por saber que cafés vendidos em supermercados tem uma grande quantidade de conservantes e outras substâncias, minha mãe nos incentivou a oferecer um produto 100% natural, livre de agrotóxico e impurezas”, conta Juliano.

A venda do café gera uma renda extra para a família há 3 meses. “Minha família tem um terreno com uma plantação, logo vi no café uma forma de gerar renda”, declarou Daniel.

Quando os irmãos decidiram investir no novo negócio, o apoio da família veio junto. Todos abraçaram a ideia e estão somando forças em todo o processo.  Segundo Juliano, esse apoio garante a qualidade da produção. “Nós trabalhando juntos, unidos, com muito afeito, pensando sempre em técnicas de produção eficazes e naturais que garantem sabor e aroma especiais ao nosso café”.

Conhecendo os grãos do café

Foto: Laiza Costa

A plantação da família é de grãos do tipo arábica, café especial de aroma intenso, uma bebida perfeita para quem é apaixonado por sabores naturais.

Outra diferença é o processo de torrefação, feito com muita atenção, delicadeza, o que faz a diferença na hora do preparo. A moagem dos grãos também exige calma e muito cuidado.

Todo esse processo de carinho e cuidados com o produto enche os irmãos Juliano e Daniel de orgulho.  Mas eles ressaltam que a produção orgânica, sem agrotóxico ou produtos químicos, é o grande diferencial. “O produto orgânico ajuda o corpo a ter uma melhor sensação, proporcionando benefícios como a redução de estresse, prevenção de doenças e aumento na autoconfiança.

Foto: Laiza Costa

Torrado e moído na hora, o café é vendido na residência da família. Contatos: (27)98842-2117 ou (27) 99807-4620 ou vá a residência da família no Beco 11, bairro da Penha, Território do Bem, e garanta o seu cafezinho natural.

Texto e fotos: Laiza Costa

Calango Notícias

Comment here