Fazendo ArteNotícias

Arte, moda e cultura reunidos no mesmo espaço em Vitória

A fotógrafa Thais Gobbo, do Território do Bem, participa do evento com trabalhos únicos e pela primeira vez comercializa sua arte. “Fotografia é mais que uma decoração, é um investimento sobre um trabalho com um olhar único e especial”.

Talento, criatividade e olhares atentos são ingredientes que, quando se juntam, produzem arte com DNA próprio, direcionada a quem está sempre em busca do novo com identidade única.  É este o intuito do Coletivo Gávea, um grupo de estilistas, artesãos, fotógrafos, designers e pequenos empreendedores culturais que se juntaram e realizam em Vitória o Mercado Gávea, nos dias 10, 11 e 12 de Julho, no Espaço Sandes Náutica Marine, na rua do Canal, em Jardim da Penha.

E como não podia ser diferente, o Território do Bem marca presença no  Mercado Gávea com a  participação da fotógrafa Thais Gobbo. Ela apresenta seu trabalho em fotografia e pela primeira vez comercializando seu trabalho. “É minha estreia na venda de quadros, são impressões únicas e inéditas de meu trabalho”.

@thaísgobbofotografia

Thais atua como fotógrafa desde 2012, já participou de exposições e projetos fotográficos, muitos retratando as belezas e sutilidades das comunidades que compõem o Território do Bem. “Gosto de ver a fotografia como uma forma de arte e expressão de sentimentos, uma fotografia é mais que uma decoração, é um investimento sobre um trabalho com um olhar único e especial”.

Coletivo

@ale.aqua e @sheilacnogueira, artistas da @oitirio

O Coletivo Gávea teve início no Rio de Janeiro e reuniu um grupo de profissionais cariocas que decidiram unir arte, moda e movimentos culturais em novos produtos e espaços. E de lá a ideia chegou em Vitória através da estilista Sheila Nogueira, colaboradora da marca Oiti, que mantém laços profissionais e amigos na capital capixaba.

Segundo a bibliotecária Eugênia Boseguini Keys, através de conversas com a amiga e outros profissionais, surgiu a ideia de um evento em Vitória e  então nasceu o Mercado Gávea. “Demos o nome de mercado porque além da exposição, também estaremos vendendo os produtos”, afirmou.

@broseguinikeyseugenia

Como bibliotecária Eugênia participa do evento com livros e chás. “Gosto de promover a leitura de bons livros e o chá é algo que está na minha vida como uma herança familiar, minha avó materna cuidou de minha mãe e demais filhos com ervas fitoterápicas. A minha infância foi de cuidados também a base de um chá. Por fim, casei com um britânico”, declara.

Gávea

A palavra Gávea remete ao bairro carioca com o mesmo. Mesmo que a ideia do evento tenha vindo de terras fluminenses, aqui ela se refere a uma vela de embarcação, a principal quando o barco possui três velas.

A proposta é que o Coletivo Gávea seja a vela principal de um movimento  que nasce em Vitória e que incentiva o trabalho de profissionais engajados na promoção da arte, da cultura e do talento de seus participantes.

“Espero que as pessoas além de apreciarem o espaço como uma forma coletiva de expor trabalhos de artistas e artesãos incríveis, se sensibilizem com cada peça feita com muito carinho e amor”, afirmou a fotógrafa Thais Gobbo.

Saiba mais sobre o evento:

@coletivogavea

Facebook Evento Mercado Gávea

Serviço: Mercado Gávea
Dias 10, 11 e 12 de Julho
Espaço Sandes Náutica Marine, na Rua do Canal, em Jardim da Penha, Vitória.
Horário: 8h às 22h

Mercado Gávea

Marina Filetti

Jornalista formada pela Ufes, com especialização em Gestão Cultural pelo Ifes/Ministério da Cultura. Atua a mais de 20 anos em projetos socioculturais, como a Varal Agência de Comunicação.
Marina Filetti

Comment here