Ateliê de IdeiasNotícias

Ação de solidariedade entrega vale gás no Dia do Trabalhador

Desde o início da pandemia de Covid-19, em 2020, muitas ações solidárias acontecem no Território do Bem, através de iniciativas que buscam amenizar os impactos causados pelo avanço da doença. Entre as iniciativas, há a distribuição de cestas básicas, material de higiene e limpeza, reformas de moradias e transferências de renda via Aplicativo Bem e-dinheiro, moeda social digital do Banco Comunitário Banco Bem.

No sábado passado, 01 de maio, mais uma ação solidária aconteceu. Em homenagem ao Dia do Trabalhador, o Sindicato dos Petroleiros (Sindipetro-ES) em parceria com a Associação Ateliê de Ideias distribuiu 100 vale gás de cozinha para famílias do Território.  Além de colaborar com as famílias, a iniciativa dá uma força nas vendas de três comerciantes locais que irão vender as botijas.

As famílias beneficiadas foram indicadas por moradores, presidentes de rua e lideranças comunitárias, e a entrega dos vales aconteceu na Paróquia Santa Teresa de Calcutá. Também foi realizada uma palestra sobre formação do preço dos combustíveis e o papel da Petrobrás no desenvolvimento nacional.

A presidente do Sindicato de Trabalhadores Domésticos e da Associação de Moradores de Floresta, Ivete Pereira de Souza, destacou que foi importante para as lideranças, que também são trabalhadores, entender a formação do preço dos combustíveis e do gás de cozinha com o objetivo de levar essa informação aos moradores de forma mais construtiva e consciente. “É muito importante nós, como lideranças, impelirmos e conscientizarmos os moradores onde e como conseguirem um preço acessível, e através disso, desenvolver uma ação solidária”.

Foto: Rhayara Christinee

“A ideia desta parceria do Ateliê com o Sindipetro-ES é também engajar um número maior de lideranças comunitárias e atender pessoas que estão necessitadas neste momento”, esclareceu o técnico em desenvolvimento comunitário do Ateliê de Ideias, Valmir Dantas.

A agente comunitária de Saúde do Bairro da Penha, Maria das Graças de Oliveira, gostou de saber mais sobre o assunto da palestra e pretende colocar em prática o conhecimento. “Este dia foi muito bom. A gente pôde aprender muitas coisas sobre o preço do gás. Hoje eu tenho uma visão diferente sobre isto. Aprendi como é reajustado o preço.  Além disso, ajudamos algumas famílias que estão necessitando de gás”, afirmou.

Um levantamento feito por lideranças e organizações locais apontou que muitas famílias não tem o dinheiro para comprar a botija de gás e ao ganharem a cesta básica de alimentos não tem como cozinhar. O vale gás distribuído para as famílias é no valor de R$65,00.

Foto: Rhayara Christinee

“Também estamos fazendo dessa ação um ato político e cidadão, que é verificar com as famílias o valor que elas têm para completar o preço da botija”, explicou Leonora Mol diretora do Ateliê.

A diretora afirmou que no caso dessas famílias que não terem como completar o valor para pagar a botija, que custa cerca de R$ 85,00, o Ateliê de Ideias vai buscar recursos de doações que chegam de pessoas físicas para completar o valor.

Matéria: @s4muel.oliveira
Edição: @marinafiletti
Fotos: @rhayarachris

Calango Notícias

Comment here