Catadores São EducadoresMeio AmbienteNotícias

Presidente da Amariv fala sobre reciclagem na Câmara de Vitória

A história da segunda associação de catadores da capital e os princípios, práticas e organização da economia solidária. Foi para falar destas pautas que o presidente da Associação de Catadores de Materiais Recicláveis da Ilha de Vitória (Amariv), Lucio Heleno Santos, participou na tarde desta segunda-feira, 24 de junho, da reunião da Comissão de Desburocratização e Empreendedorismo da Câmara Municipal de Vitória.

A reunião foi presidida pelo vereador Davi Esmael (PSB) e contou com as presenças dos vereadores Leonil (PPS) e Luiz Paulo Amorim (PV).  O convite para a Amariv foi feito pelo vereador Mazinho dos Anjos (PSD), também membro da Comissão. Lúcio Heleno também respondeu a questionamentos dos vereadores sobre reciclagem e sobre o projeto Catadores São Educadores, desenvolvido em Vitória com o apoio da Prefeitura Municipal de Vitória. Também esteve presente Amanda Paula Cabral, da Ascamare, que participa do Movimento Nacional de Catadores de Materiais Recicláveis.

Lucio explicou aos vereadores que a Amariv surgiu em 2007 da união de dois grupos independentes de catadores de materiais recicláveis que existiam na cidade. Com o objetivo de garantir condições mais dignas de trabalho e melhores preços pelo material coletado, e com o apoio da Cáritas Arquidiocesana e da Prefeitura de Vitória, foi criada então a Associação.

“A Amariv trabalha na coleta e processamento de material reciclável e através do trabalho de seus associados, ajudou a reaproveitar, desde 2008, aproximadamente 8.000 toneladas de resíduos sólidos produzidos em Vitória, contribuindo para a preservação do meio ambiente”, explicou.

Sobre economia solidária, Lúcio Heleno explicou aos vereadores que essa é uma forma de economia, surgida na Inglaterra e que chegou ao Brasil há quase duas décadas, e que tem como princípio primordial o respeito ao trabalhador, a solidariedade, a participação e o respeito ao meio ambiente.

“Não é o lucro o nosso objetivo principal, mas a pessoa humana, a cooperação, o respeito à diversidade e cuidado com a vida humana e ambiental”, afirmou.

O presidente da Amariv também falou para os vereadores sobre o projeto Catadores São Educadores. Ele explicou que o projeto foi aprovado pelo Fundo Municipal de Defesa do Consumidor (Procon-Vitória) e é desenvolvido pela Associação Ateliê de Ideias em parceria com as três associações de catadores do Município – Amariv, Ascamare e Amarv.

“O foco principal é promover sustentabilidade e consumo consciente e também aumentar a coleta de materiais recicláveis no município”, declarou.

Marina Filetti

Jornalista formada pela Ufes, com especialização em Gestão Cultural pelo Ifes/Ministério da Cultura. Atua a mais de 20 anos em projetos socioculturais, como a Varal Agência de Comunicação.
Marina Filetti

Comment here