Catadores São EducadoresMeio AmbienteNotícias

Associações recolhem os resíduos da Coleta Seletiva em Vitória

Hoje foi um dia de muito trabalho para os catadores de materiais recicláveis de Vitória. O recolhimento dos resíduos da coleta seletiva nos condomínios do município foi feita hoje, 25 de novembro,  diretamente pelas Associações de Catadores de Materiais Recicláveis, devido à greve dos motoristas das empresas de limpeza pública na Grande  Vitória que teve início na última  segunda-feira.

A autorização para que as Associações fizessem a coleta dos resíduos nos condomínios foi dada pela Central de Serviços da Prefeitura de Vitória nesta quarta-feira (25/11).

Para o trabalho da coleta direta as Associações estão utilizando os caminhões do Projeto Catadores São Educadores. Participam do projeto as Associações Ascamare – Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Vitória, a Amarv – Associação de Catadores de Materiais Recicláveis do Município de Vitória, e a Amariv – Associação de Catadores de Materiais Recicláveis da Ilha de Vitória.

A gestão é feita pela Associação Ateliê de Ideias através do Termo de Fomento 212/2018 celebrado em parceria com a Secretaria Municipal de Cidadania e Direitos Humanos e Trabalho e recursos do Procon Municipal.

Segundo o diretor financeiro da Amariv, Lúcio Heleno Barbosa dos Santos, os catadores foram muito bem recebidos nos condomínios. “O resultado do primeiro dia foi muito positivo. Alguns condomínios demonstraram interesse de fazer parceria com os catadores para a coleta direta”, afirmou.

Lúcio disse também que neste primeiro dia de coleta, os catadores recolheram mais materiais do que normalmente recebem da PMV. “Os catadores tem interesse em assumir o recolhimento da coleta seletiva do município e com o trabalho feito hoje, com apenas um pequeno caminhão, demostramos que podemos fazer isso”, adiantou Lúcio.

Para a presidente da Amarv, Maria Aparecida Pereira, hoje está sendo um dia histórico para as associações de catadores. “É um sonho. Nós sempre reivindicamos do município o recolhimento da coleta seletiva, mas nunca conseguimos. Hoje a Prefeitura reconheceu a nossa capacidade de fazer este trabalho”, declara.

Até o início da tarde a Amarv já tinha recolhido quase dois mil quilos de materiais recicláveis e estava recebendo também materiais entregues diretamente pelos condomínios. “Estamos muito otimistas e confiantes que esse  trabalho vai fortalecer nossas associações”, declarou Aparecida.

A Ascamare teve que alugar um caminhão maior para fazer a coleta, por isso financeiramente o primeiro dia de coleta não trouxe bons resultados para a associação. Mas está confiante de que a experiência credencia as associações para a coleta seletiva.

 

Mais informações:

Lúcio Heleno Barbosa – 99808-2537

Josiane – Ascamare– 99926-0560

Maria Aparecida Pereira – Amarv –  98884-4108

Marina Filetti

Comment here